Amazonas Destaques Economia Política

Segurança jurídica gera novos investimentos e empregos no Polo Industrial de Manaus, afirma senador Omar

POLÍTICA – Líder da Bancada Federal do Amazonas no Congresso, o senador Omar Aziz acompanhou de perto a aplicação na prática dos benefícios fiscais da Zona Franca, ao visitar um complexo industrial responsável por gerar mais de 6 mil empregos diretos no Polo Industrial de Manaus (PIM). Omar atribui esse e outros investimentos em projetos de instalação e expansão das indústrias do polo como um reflexo da segurança jurídica trazida pela aprovação da Reforma Tributária. 
As instalações visitadas por Omar receberam recentemente investimentos do grupo Garcia, com o complexo industrial passando a comportar as empresas GBR Componentes, Gertec, Tellescom, Hikvision e Digitron, todas atuantes na cadeia do setor de eletrônicos do PIM. Segundo Omar Aziz, o grupo Garcia é responsável historicamente por gerar muitos empregos no Amazonas. “Hoje está aqui o superintendente da Suframa, Bosco Saraiva e o deputado Sidney Leite, que foi muito importante na Câmara dos Deputados para que a gente mantivesse as nossas vantagens comparativas na Reforma Tributária. Muitas pessoas não sabem como foi essa luta e tenho muito a agradecer ao Presidente Lula, que bateu na mesa e disse que na Zona Franca ninguém iria mexer”, salientou Omar. 
O senador do Amazonas compartilhou ainda que tem conversado muito com o Bosco Saraiva sobre como a indústria do Amazonas passa por um novo ciclo positivo. “Muitas indústrias estão vindo para cá pois hoje temos uma garantia constitucional e uma garantia que há muito tempo não tínhamos, que é a segurança jurídica para se instalar no Polo Industrial de Manaus. Quando vejo exemplos de novos investimentos para o Amazonas como este da GBR, isso faz com que todos nós procuremos ajudar a manter esse polo mais competitivo”, completou o senador. 
Para o empresário Francisco Garcia, a guerra fiscal ainda exige que o Amazonas tenha representantes preparados para defender o Estado de medidas que tirem a competitividade do PIM. “Precisamos ter um político que brigue por nós, que possa chegar ao presidente da república e aos seus ministros e dizer que nós precisamos ter respeito, que o setor industrial tem que ser respeitado. Por isso fiz questão de convidar o senador Omar, que lidera os senadores e deputados do Amazonas em Brasília, atuando com muita competência principalmente na questão da Reforma Tributária”, reforçou Garcia.

***Com informações de assessoria  

Related posts

Eliminatórias: jogadores nacionais se juntam à seleção em Bogotá

Redação

Governo do Amazonas libera 50% do público para Manaus x Tombense, na Arena da Amazônia

Redação

Tebet garante aumento do salário mínimo acima da inflação em 2024

Redação

Deixe um comentário