Destaques Esporte

Brasil assegura vaga no Mundial de basquete 2023 com vitória sobre EUA

ESPORTES – A seleção brasileira carimbou a tão sonhada vaga para a Copa do Mundo de Basquete na noite de domingo (26), no último confronto das Eliminatórias, ao derrotar os Estados Unidos por 83 a 76, em Santa Cruz do Sul (RS). De quebra, o país manteve a tradição de sempre disputar Mundiais, desde que o evento foi criado em 1950. A 19ª edição da Copa terá início em 25 de agosto e distribuirá sete vagas para os Jogos Paris 2024 – duas delas destinam-se às Américas. Desde a Rio 2016 o basquete masculino do Brasil não disputa a Olimpíada.


A nova geração do time comandado pelo técnico Gustavo De Conti brilhou na noite de ontem (26). O cestinha da partida foi o ala/pivô Bruno Caboclo que marcou 21 pontos e ainda pegou oito rebotes. Outro destaque de peso foi o armador Yago Mateus, com 17 pontos e oito assistências.


Com o triunfo sobre os Estados Unidos, o Brasil encerrou a campanha das Eliminatórias na quarta posição do Grupo F, com oito vitórias em 12 jogos, mesmo total de México e Porto Rico. Pelo critério de desempate a seleção não se classificaria para o Mundial, no entanto, a Eliminatória na América distribuía sete vagas, sendo três delas para os melhores de cada grupo e uma para o melhor quarto colocado. Na disputa pela última vaga entre os quarto colocados, o Brasil levou a melhor sobre a Argentina (Grupo E), que ficará fora da edição deste ano.

O sorteio das chaves para a Copa está previsto para as próximas semanas na Federação Internacional de Basquete (Fiba). A competição ocorrerá de 25 de agosto a 10 de setembro em três países: Japão, Filipinas e Indonésia.

O Brasil soma dois títulos mundiais (1959 e 1963), dois vice-campeonatos (1954 e 1970) e por duas vezes ficou em terceiro lugar (1967 e 1978). Na última edição da Copa, em 2019, a seleção masculina terminou em 13º lugar.

***Com informações da Agência Brasil

Related posts

Marquinhos e Neymar se apresentam e completam seleção em Cuiabá

Redação

Manaus 354 anos: Saullo Vianna destinou quase R$ 17 milhões em emendas para a capital em 2023

Redação

Brasil busca revanche contra Argentina após vice na Copa América

Redação

Deixe um comentário