Amazonas Brasil Destaques Manaus Política

Saullo Vianna diz que relatório aponta viabilidade ambiental da BR-319 e desmente discurso de Marina Silva ao garantir que isolamento só encobre criminalidade na região

POLÍTICA – O deputado federal Saullo Vianna (União-AM) repercutiu, nesta terça-feira, o relatório do Grupo de Trabalho, constituído pelo Ministério dos Transportes, segundo o qual a conclusão da BR-319 é tecnicamente viável e ambientalmente sustentável. A rodovia, de 900 quilômetros hoje intransitáveis, liga Manaus a Porto Velho e é a única ligação terrestre do Amazonas com o restante do país.   
“Gostaria de ler este relatório ao lado da Ministra Marina Silva, que diz que, historicamente, a ausência de pavimentação não garantiu a preservação ambiental e o respeito às comunidades tradicionais na região. Pelo contrário, a pouca acessibilidade e, consequentemente, menor presença do Estado reforçam a criminalidade e o desmatamento”, afirmou Vianna. 
Segundo Vianna, as alternativas técnicas desmentem o argumento da Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, a quem ele pediu que licencie a obra da BR-319.  
“Hoje, o nosso estado é acessível somente por via fluvial e aérea, que encarece o chamado “Custo Amazônia. Há mais de 40 anos sofremos com o custo Amazonas com o isolamento, que onera a nossa atividade produtiva e trava o nosso crescimento”, afirmou. 
*Medidas de conservação* Entre as medidas previstas para proteger a biodiversidade amazônica, estão o cercamento de uma extensão de 500 quilômetros no chamado “Trecho do Meio” — área ambientalmente mais sensível —, além da instalação de 172 passagens para que os animais da região possam atravessar a rodovia.
“Portanto, este é um dia histórico para nós, amazonenses porque, enfim, o governo federal reconhece a importância e viabilidade desta que é uma demanda de mais de 40 anos dos amazonenses, que sofrem as consequências do nosso isolamento e falta integração com o nosso país”, diz Vianna, lembrando que, hoje, o Amazonas só tem ligação rodoviária com outro país, a Venezuela.

***Com informações de assessoria

Related posts

Estudo mostra como as parlamentares são ofendidas nas redes sociais

Redação

CNJ abre processo disciplinar contra juíza Gabriela Hardt

Redação

Flamengo não passa de empate com a Chapecoense no Brasileiro

Redação

Deixe um comentário