Destaques Manaus

Campanha de Enfrentamento à Violência contra a Mulher é lançada em Manaus

MANAUS – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), deu início, nesta segunda-feira, 8/8, à Campanha de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher “Manaus por Elas”, com o tema “Essa luta é de todos nós”, promovendo uma ação de sensibilização com distribuição de material informativo sobre os diferentes tipos de violência e os principais canais de denúncia.

A abordagem foi realizada na alça de retorno após o Sumaúma Park Shopping, localizado na avenida Noel Nutels, no bairro Cidade Nova, zona Norte da cidade.

“Hoje, no Brasil, pelo menos três mulheres são vítimas de feminicídio por dia, o que nos leva a trazer essa luta às ruas para que todos se engajem no combate dessa realidade que tem ceifado a vida de tantas de nós”, destacou a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes. “Dentro dos nossos equipamentos, travamos uma batalha cotidiana, acolhendo, orientando e acompanhando famílias inteiras vítimas de violência. Todos os dias vemos os mesmos casos nos jornais, entretanto nem todos são denunciados, o que torna a participação de toda a sociedade civil fundamental à causa, metendo, sim, a colher”, concluiu a secretária, fazendo alusão ao, já desmitificado, ditado popular.

Além das ações previstas na programação da campanha, a diretora do Departamento de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, Marley Fonseca, também ressaltou a importância do trabalho realizado pelo Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM), equipamento da Semasc responsável por garantir, de forma contínua, o atendimento social e psicológico às mulheres vítimas de violência.

“Além do acompanhamento social e psicológico, também realizamos o encaminhamento jurídico dessas mulheres e atividades de capacitação em parcerias com diferentes instituições de ensino, tudo para que elas consigam romper esse ciclo de violência. O foco é fazer com que essas sobreviventes tenham sua autoestima e sua autonomia resgatadas”, concluiu.

Uma das pedestres que transitavam pelo local no momento da abordagem, a jovem Ana Paula Sombra, 22, definiu a ação como “extremamente necessária”.

“Infelizmente muitas mulheres não possuem acesso à informação, a números de telefone, e algumas não conhecem os diferentes tipos de violência e acabam pensando somente na parte física por não ter acesso a esse conhecimento mais aprofundado. Então, eu, como mulher, acho de extrema importância que essas informações sejam trazidas ao grande público da maneira que está sendo feita”, ressaltou.

A programação da campanha “Manaus por Elas” seguirá ao longo de todo o mês de agosto, período em que se celebram os 16 anos da Lei Maria da Penha, realizando abordagens sociais, oficinas de capacitação, palestras e rodas de conversa em diferentes pontos da cidade.

Centro de Referência dos Direitos da Mulher

Equipamento fundamental no combate à violência contra a mulher, o Centro de Referência dos Direitos da Mulher, somente no ano de 2021, atendeu quase 3,5 mil mulheres com ações da Subsecretaria Municipal de Políticas Afirmativas para Mulheres e Direitos Humanos, parte da estrutura administrativa da Semasc.

O CRDM promove o acompanhamento social às mulheres que se encontram em situação de risco pessoal e social por ocorrência dos vários tipos de violência, tipificados na Lei 11.340 (Lei Maria da Penha), recebendo atenção socioassistencial, por meio de orientações e encaminhamentos que promovam sua inserção e de seus dependentes nos programas sociais, promovendo a garantia de seus direitos, e psicológico, com atendimento individual e/ou grupal às mulheres em situação de violência, com vistas a facilitar o fortalecimento dos mecanismos que promovam a autodeterminação e resgate da autoestima e da redução de danos.

***Com informações de assessoria

Related posts

Veja a agenda dos candidatos à Presidência nesta quinta-feira (8/9)

Redação

General Mansur assume a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas

Redação

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 3 milhões

Redação

Deixe um comentário